sexta-feira, 18 de julho de 2014

10.000 cadeiras vazias

Feliz com a vitória do Timão.
 
Ainda mais feliz com a pegada da torcida que aos poucos vai se identificando com o estádio novo, fazendo parte dele, sem timidez, e gritando cada vez mais alto.
 
Porém ontem, após dois meses sem Corinthians e com novas contratações era de se esperar o estádio cheio. O que seria capaz de impedir que todos os assentos fossem ocupados?
 
Sim, ele mesmo, amigos: O PREÇO DOS INGRESSOS!
 
Público: 32.817
Renda: R$ 2.556.385,50
 
O que isso significa? Mais de 10.000 cadeiras vazias.
 
Quem paga essa conta?
 
Quando a ganância orienta a economia não é empreendedorismo, é burrice!
 
A tão propalada Lei de Oferta e Procura só se justifica quando há equilíbrio entre embas, o que não exclui a canalhice por envolver o invendável, uma crença, uma ideologia, uma cultura.
 
10.000 cadeiras vazias mostram que cobram muito a mais do que 'o torcedor está disposto a pagar'. Deram com os Gobbis n'água.
 
O setor oeste vazio é a imagem da derrota dessa política. Os mais populares estavam cheios. Na casa de Andrés os mais pobres pagam pelos mais ricos.



Corinthians perde dinheiro expulsando torcedor de baixa e média rendas do Estádio. Além de uma traição histórica com quem sempre esteve ao lado do clube.

#VaiCorinthians!

Um comentário:

  1. Ótimo blog, também tenho um blog de notícias do Corinthians- meu time é Corinthians
    http://www.meutimeecorinthians.com.br

    ResponderExcluir